Benefício social

Como calcular o valor do PIS – DESCOMPLICANDO

Dentre as muitas dúvidas relacionadas ao Programa de Integração social está: como calcular o valor do PIS? É uma dúvida muito recorrente porque é através desse cálculo que você trabalhador saberá quanto ira receber de abono salarial.

Para isso, preparamos para você esse artigo com tudo o que você precisa saber para receber o seu benefício sem complicações.

Então, continue a leitura, e ao final do artigo, você saberá como calcular o valor do PIS sem complicações, além de muito mais informações relevantes sobre o programa.

Você pode gostar de ler também:

Como funciona o PIS?

O PIS ou Programa de Integração Social , é um programa criado pelo Governo Federal e administrado pela Caixa Econômica Federal.

É através dele que o empregado da iniciativa privada tem acesso aos benefícios determinados por lei e ainda colabora para o desenvolvimento das empresas do setor.

Em relação aos empregados da iniciativa pública, foi desenvolvido o PASEP que tem a mesma finalidade do PIS, porém é administrado pelo Banco do Brasil.

O PIS é um beneficio financeiro pago anualmente a todo trabalhador que estiver dentro dos requisitos definidos pelo programa. Não se preocupe! Logo abaixo você saberá se você se encaixa nesses requisitos.

Muito bom não é? Veja abaixo se você possui todos os requisitos para receber o seu abono, logo depois ensinaremos como calcular o valor do PIS de forma fácil e prática.

Quem tem direito ao PIS?

Assim como todo programa social e assistencialista do Governo Federal, o PIS possui seus requisitos específicos e estabelecidos para a sua participação.

Para ter direito, o trabalhador precisa:

  • Estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos;

  • Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base;

  • Ter exercido atividade remunerada para Pessoa Jurídica, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração;

  • Ter seus dados informados pelo empregador (Pessoa Jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

E então? Você se encaixa em todos esses requisitos? Se sim, ótimo! Veja abaixo como calcular o valor do PIS.

como calcular o valor do pis

Como calcular o valor do PIS?

Para calcular o valor do PIS e saber quanto você irá receber de Abono Salarial, é muito simples! Antes de mais nada é necessário que você entenda que com as novas regras do programa o valor a ser recebido é proporcional ao tempo trabalhado formalmente no chamado “ano base” ou seja, ano anterior ao recebimento do benefício.

Vamos dar um exemplo:

Vale lembrar que o calendário oficial vigente de 2019 ainda é o 2018-2019, apenas no segundo semestre do ano que passará a ser 2019-2020. Portanto o ano base ainda é o de 2017.

O cálculo do valor do PIS corresponde ao número de meses trabalhados no ano-base multiplicado por 1/12 do valor do salário mínimo vigente na data do pagamento.

Por exemplo, com base no salário mínimo de 2018, que é o que ainda está valendo para o programa, se um trabalhador exerceu função remunerada formal em 2017 por 6 meses, o valor do seu benefício será 6/12, ou seja: R$ 477,00.

O trabalhador deverá ter trabalhado no mínimo 30 dias com carteira assinada por empresa no ano-base, requisito para ter o direito ao Abono Salarial, e cada mês trabalhado equivale a 1/12 de salário mínimo no valor do benefício, sendo que o período igual ou superior a 15 dias contará como mês integral.

Ficou com dúvidas? Confira a tabela abaixo referente ao salário mínimo de 2018 e o vigente de 2019:

Como calcular o valor do PIS

Ficou com dúvidas sobre como calcular o valor do PIS? Deixe nos comentários.

Rate this post

Leave a Comment






Widge